ESTOU PRONTO AGORA!

Ação Bíblica do Brasil – Direitos Reservados

“…A subida foi difícil, mais um esforço e ambos conseguiram sair!…”

O capitão de um navio estava indo para o porto. Fazia muito frio. Na frente de um restaurante, viu um menino mal vestido e perguntou-lhe: “Que está fazendo aí, rapaz?”

O menino respondeu: “Estou olhando as coisas boas que tem aí para comer.”

O capitão replicou:  “Tenho apenas trinta minutos antes da partida do meu navio.

Lave o rosto e as mãos, penteie-se vou levá-lo aí para comer alguma coisa”.

O menino ficou com lágrimas nos olhos de emoção e correu lavar-se num  chafariz próximo, alisou os cabelos e disse: “Estou pronto agora.”

E o capitão respondeu:

“Muito bem, vem comigo!”

 Enquanto o menino comia, o capitão perguntou-lhe: “Onde está sua mãe?”

“Mamãe morreu quando eu tinha quatro anos.”

“E seu pai?” “Não vi mais papai depois da morte de mamãe”.

“Quem toma conta de você?”

O menino, conformado, respondeu:

“Quando mamãe estava doente,  ela me disse que Jesus tomaria conta de mim e ensinou-me a

orar e a amar Jesus.”

O capitão disse: “Se você quiser, pode ficar  a meu serviço no navio.”

O menino olhou para ele e disse:

“Capitão, estou pronto agora!”

O oficial pôs seu braço nos ombros do menino e, chegando no navio, o apresentou aos  marinheiros,  dizendo:

“Ele vai ser meu ajudante. Ele está sempre pronto, por isso vamos chamá-lo Pronto Agora!” 

O menino, vestindo o uniforme azul marinho que lhe deram, começou no serviço, trabalhava

 bem e o oficial afeiçoou-se muito a ele. Mas um dia ficou doente; pouco depois, o médico do navio  disse ao capitão: “Fiz tudo o que podia por esse rapaz. Ele está  muito mal e não vai sarar.”

O oficial pediu ao médico: “Faça alguma coisa, não posso perde-lo.”

Mas o menino piorou. Um dia antes de sua morte, pediu para chamarem o capitão que ele

amava muito, e disse-lhe em voz  fraca:

 “Capitão, eu gosto muito do senhor, o senhor foi muito bom para mim… mas sabe, vou para junto de Jesus; o senhor não quer se entregar a Ele de todo coração?

Assim um dia vai me encontrar lá no céu! Capitão, Jesus o ama, permita que Ele o salve!”

O capitão, emocionado, respondeu: “Sim, vou pensar nisso, meu amiguinho; qualquer

hora vou tratar do assunto.”

“Mas, quando?” perguntou o menino. “Quando estará pronto a dar seu coração a Jesus?”

“Bem… é…” disse o capitão, “não vou esperar muito mais.”

“Oh! Capitão deixe-se salvar por Jesus. Quando estará pronto?”

Profundamente comovido, o oficial se pôs de joelhos e orou:

“Estou pronto, agora, pronto agora…”

E aí, com o coração arrependido e humilhado, o capitão entregou sua vida a Jesus.

“De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse.

Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus.  Àquele que não

conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.

Eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação”

(2 Coríntios 5:20, 21; 6:2)

Compartilhe nas redes sociais:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn